Imagens, vídeos e documentários científicos

Fórum para discussões gerais.

Moderadores: FallenAngelx, GoncaloBCunha, drustann

Mensagempor Surtur em 29 Set 2015, 14:41

666 ᙠɘlzɘᙠu 666
Avatar de usuário
Surtur
 
Mensagens: 1644
Data de registro: 25 Ago 2015, 09:34
Banda favorita: Artillery

Re: Imagens, vídeos e documentários científicos

Mensagempor Fedora em 29 Set 2015, 16:42

Vikström escreveu:A regravação de Cosmos, originalmente conduzida pelo Carl Sagan, ficou espetacular. Tem disponível no Netflix pra quem quiser assistir e se sentir ao mesmo tempo diminuto e inspirado pela grandeza dos astros e dos cientistas do passado que fizeram as grandes descobertas. Vale a pena, o Neil deGrasse Tyson faz um puta trabalho e ainda conta umas historinhas pessoais legais. :lol:

Tenho dois amigos astrônomos e não tem uma vez que não nos encontremos que não nos embrenhemos na seara da exploração e mistério espacial. A namorada dele é jornalista com mestrado em ficção científica, então esse papo frequentemente se desenrola pra uma piração sem fim. É sempre uma boa conversa. :rock:


Rola um :smoke: diferente nesses encontros? :blub:


A série com Nel dG Tyson é sensacional mesmo. Até para leigos é fascinante. Super recomendado.

Toda essa área de espaço e teorias científicas é muito interessante, pena ser ligeiramente difícil ter acesso a material de qualidade para pesquisa.
Raio Metal escreveu:
Count escreveu:Sobre o que é o livro?

Sobre nada.
Avatar de usuário
Fedora
 
Mensagens: 4458
Data de registro: 21 Fev 2006, 13:58
Localização: Cuiabá Hell City

Re: Imagens, vídeos e documentários científicos

Mensagempor Kpetão em 04 Out 2015, 00:30

Todas as fotos (mais de 8.400) de todas as missões Apollo da NASA em alta resolução.
https://www.flickr.com/photos/projectapolloarchive
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 21844
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Imagens, vídeos e documentários científicos

Mensagempor Kpetão em 04 Out 2015, 03:11

Whiskey Tastes Different After Two Years in Space

Imagem

After spending more than two years in a weightless environment, whiskey distillate on the International Space Station (ISS) tastes different from samples on Earth, a whiskey company reported.

Scotch whiskey company Ardbeg rocketed the samples into space along with an ISS crew at the invitation of NanoRacks LLC, the company that manages experiments on the U.S. side of the station.

Shortly after launch, in January 2012, astronauts broke open the glass separating the distillate (which is usually put into oak barrels to mature) and oak wood shavings, modeling the whiskey-making process where the substance is normally put in oak barrels to mature. At the same time, they ran a parallel test on Earth.



Although there were a few differences observed after the whiskey had spent 971 days in space, the biggest one was how many small molecules from the wood, called wood extractives, had made their way into the samples. The levels of wood extractives were much higher than they would have been if the whiskey had matured in barrels on Earth, due to the larger amount of surface area available when using wood shavings instead.

However, there were higher concentrations of flavors that come from oak wood, called lignin breakdown products, in the samples on Earth than in the ones in space. The company concluded that microgravity likely made their extraction more difficult.

"I was expecting a little different flavor. However, when myself and my team went to nose and taste the samples ... I was quite astonished at how different the samples were," Bill Lumsden, Ardbeg's director of distilling, said in a YouTube video about the experiment.

Although the results are quite new, Lumsden pledged to try to find ways to incorporate the new flavor into his whiskey. He also said he hopes to send more samples to the space station for "something more advanced" but didn't elaborate on what that might be.

This is the first such experiment for a whiskey maker in space, the company said, but there have been many other experiments involving beer and liquor.

Just last month, Japan's Tokyo-based Suntory Global Innovation Center launched five different samples of booze to the International Space Station aboard a Japanese cargo ship as part of an experiment to study how whiskey "mellows" in space.

Among other recent experiments, an 11-year-old's concoction flew on the ISS, and another company launched yeast on a sounding rocket that was later collected to form the basis of a beer.


Muito foda!
:rock: :rock:
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 21844
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Imagens, vídeos e documentários científicos

Mensagempor Kpetão em 05 Out 2015, 00:28

Imagem

:laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh: :laugh:
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 21844
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Imagens, vídeos e documentários científicos

Mensagempor Vikström em 05 Out 2015, 21:44

Interessante como a nossa ideia de científico, pra usar o termo usado no título do tópico, remete imediatamente às ciências que buscam compreender o cosmos.

Eis um artigo do Intercept, veículo de notícias chefiado por gente überfoda como o Glenn Greenwald, em que o jornalista Micah Lee fala de uma proposição do Edward Snowden sobre o porquê de não termos encontrado sinais de vida alienígena ainda: uma possibilidade, segundo ele, é que estaríamos confundindo mensagens e sinais criptografados de civilizações avançadas com simples radiação cósmica.

Ou seja, um mindfuck do caralho. Aí o jornalista entra no que é verdade ou não sobre essa teoria. Vale a leitura:
https://theintercept.com/2015/10/05/how ... pted-ones/
Avatar de usuário
Vikström
 
Mensagens: 22097
Data de registro: 11 Jun 2005, 14:26
Localização: Curitiba

Mensagempor Surtur em 06 Out 2015, 12:32

TRABALHOS AVANÇADOS SOBRE OS NEUTRINOS LEVAM NOBEL DE FÍSICA 2015

Imagem

O japonês Takaaki Kajita e o canadense Arthur B. McDonald foram premiados "pela descoberta das oscilações dos neutrinos, que demonstram que as partículas têm massa", o que permite compreender o funcionamento interno da matéria e, dessa forma, conhecer melhor o universo

Further: http://www.theguardian.com/science/2015 ... -neutrinos

-----------------------------------------------------------------------------------------

Abaixo, o Modelo Padrão - para um n00b :lol:

(A coluna verde mostra os mediadores - g, Y, Z, W - nas 4 forças da Natureza (Gravidade, Eletro-magnetismo, Interação Fraca e Interação Forte)

Imagem
666 ᙠɘlzɘᙠu 666
Avatar de usuário
Surtur
 
Mensagens: 1644
Data de registro: 25 Ago 2015, 09:34
Banda favorita: Artillery

Re: Imagens, vídeos e documentários científicos

Mensagempor Kpetão em 14 Out 2015, 23:19



Um vídeo que a NASA liberou de Jupiter, em 4K Ultra HD.

New imagery from NASA’s Hubble Space Telescope is revealing details never before seen on Jupiter. High-resolution maps and spinning globes (rendered in the 4k Ultra HD format) are the first products to come from a program to study the solar system’s outer planets each year using Hubble. The observations are designed to capture a broad range of features, including winds, clouds, storms and atmospheric chemistry.
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 21844
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Mensagempor Surtur em 15 Out 2015, 18:07

Assim no Céu como na Terra... :rock:

High Speed Photography

666 ᙠɘlzɘᙠu 666
Avatar de usuário
Surtur
 
Mensagens: 1644
Data de registro: 25 Ago 2015, 09:34
Banda favorita: Artillery

Re: Imagens, vídeos e documentários científicos

Mensagempor Count em 19 Out 2015, 00:24

What is 'real'? How do you define 'real'? If you're talking about what you can feel, what you can smell, what you can taste and see, then real is simply electrical signals interpreted by your brain.
Avatar de usuário
Count
 
Mensagens: 8042
Data de registro: 27 Mai 2004, 17:17
Localização: RS
Banda favorita: Burzum

Mensagempor Surtur em 19 Out 2015, 20:44

These are bright guys: "we are a piece of marble floating in the middle of nothing"
666 ᙠɘlzɘᙠu 666
Avatar de usuário
Surtur
 
Mensagens: 1644
Data de registro: 25 Ago 2015, 09:34
Banda favorita: Artillery

Mensagempor Surtur em 19 Out 2015, 20:51

Postagem repetida ^^

[edit]

666 ᙠɘlzɘᙠu 666
Avatar de usuário
Surtur
 
Mensagens: 1644
Data de registro: 25 Ago 2015, 09:34
Banda favorita: Artillery

Re: Imagens, vídeos e documentários científicos

Mensagempor drustann em 19 Out 2015, 20:59

Surtur, você sabe se o segundo buraco negro do vídeo (o com massa de mil sois) já é um buraco negro supermassivo? O último é, com certeza; esses que estão no centro das galáxias sempre - ou quase sempre - são supermassivos.
Avatar de usuário
drustann
 
Mensagens: 8370
Data de registro: 04 Out 2003, 02:04
Localização: São Paulo - SP

Mensagempor Surtur em 19 Out 2015, 22:45

Drustann escreveu:Surtur, você sabe se o segundo buraco negro do vídeo (o com massa de mil sois) já é um buraco negro supermassivo? O último é, com certeza; esses que estão no centro das galáxias sempre - ou quase sempre - são supermassivos.

O de massa ≤ 1000 sóis não é supermassivo. Buracos negros supermassivos (BNS) normalmente estão nos centros das galáxias.

Sagitário A* tem massa de 4 milhões de sóis. Supermassivo o bastante para "capturar" as ± 250 bilhões de estrelas da Via Láctea.

Andromeda tem ~ 1,2 trilhão de estrelas, portanto seu buraco negro central deve pesar algo em torno de 30 milhões de sóis. É também 6 vezes mais densa que a Via Láctea e 2,5 vezes maior.

Podem até existir buracos negros com massa de milhares de sóis em áreas escuras chamadas "vazios cósmicos" (cosmic voids), onde não existem estrelas, galáxias, mas é difícil, dadas as escalas...

Um dos maiores BNS já descobertos se chama NGC 1277 e tem massa de uns 17 bilhões de sóis, com um diametro (excluindo o horizonte de eventos) de 4 dias-luz... Bem maior que o sistema solar...

Um monstro inimaginável...

Imagem
666 ᙠɘlzɘᙠu 666
Avatar de usuário
Surtur
 
Mensagens: 1644
Data de registro: 25 Ago 2015, 09:34
Banda favorita: Artillery

Mensagempor Surtur em 19 Out 2015, 23:17

Mas esse BN desse tamanhão aí ainda não é lá muita coisa comparado com o que se sabe por dimensão do Univerno. NGC 1277 é somente o buraco negro de uma das tantas galáxias no Superaglomerado Perseus (abaixo do nosso Superaglomerado Virgo)

Na ilustração abaixo, cada pontinho é um inteiro superaglomerado de galáxias (pra dar uma idéia da dimensão do bagulho).
Nas partes mais escuras, chamadas "vazios cósmicos" (cosmic voids) não tem nada NESSA ESCALA. Nem estrelas, nem galáxias e provavelmente nem buracos negros, dada a escala...

Imagem

Depois dessa escala, temos só o chamado Observable Universe (onde o Hubble consegue chegar).
666 ᙠɘlzɘᙠu 666
Avatar de usuário
Surtur
 
Mensagens: 1644
Data de registro: 25 Ago 2015, 09:34
Banda favorita: Artillery

Re: Imagens, vídeos e documentários científicos

Mensagempor Kpetão em 25 Out 2015, 18:24

Um pouco de humor para o tópico

Imagem
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 21844
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Imagens, vídeos e documentários científicos

Mensagempor Ratão do Banhado em 25 Out 2015, 18:41

Esses comentaristas. :lol:
Imagem

RED BEFORE BLACK
Avatar de usuário
Ratão do Banhado
 
Mensagens: 5782
Data de registro: 20 Nov 2006, 11:42
Localização: Vizinho do Ancapistão
Banda favorita: Darkthrone

Re: Imagens, vídeos e documentários científicos

Mensagempor Kpetão em 06 Nov 2015, 00:43

Nasa flagra algo saindo de buraco negro pela primeira vez na História

Imagem

Buracos negros são extremamente intrigantes para a humanidade — sejam leigos ou especialistas. As formações sempre intrigaram a humanidade no sentido do que podem fazer, sempre com teorias que dizem respeita a “passagens” entre dimensões por meio deles.

E, agora, a curiosidade humana ganha mais um capítulo: pela primeira vez na história a Nasa avistou algo saindo de um buraco negro. Não se sabe o que é e nem os efeitos dessa movimentação, mas a exploração em torno do buraco-negro superlativo Margarina 335 já chama atenção.

O flagra feito pela agência espacial norte-americana aconteceu através do conjunto do telescópio espectroscópico nuclear da Nasa. O momento foi considerado por muitos especialistas que trabalham no projeto como um verdadeiro milagre, já que nunca havia acontecido tal registro.

Imagem

“Essa é a primeira vez que conseguimos conectar o lançamento do halo de uma labareda. Isso vai nos ajudar a entender como os buracos negros superlativos alimentam alguns dos objetos mais brilhantes do Universo”, explica Dan Wilkins, envolvido no projeto e pesquisador da Universidade de Saint Mary.

A principal questão dos pesquisadores agora é descobrir o que é o “algo” que eles flagraram saindo do buraco negro. Se descobrirem, acreditam que darão passo importante nos estudos sobre esse tipo de fenômeno, chegando, por exemplo, a conclusões sobre tamanho, dimensões e funções dos buracos.
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 21844
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Imagens, vídeos e documentários científicos

Mensagempor Vikström em 06 Nov 2015, 11:33

Isso vai de encontro com algo que o Stephen Hawking havia dito recentemente e causou certo rebuliço. Se não me engano era algo sobre nem tudo ser sugado pelo buraco negro, ao mesmo tempo matéria era expelida lá de dentro de alguma maneira. Teria que achar o link em que ele diz isso, mas agora estou sem tempo.
Avatar de usuário
Vikström
 
Mensagens: 22097
Data de registro: 11 Jun 2005, 14:26
Localização: Curitiba

Re: Imagens, vídeos e documentários científicos

Mensagempor Kpetão em 06 Nov 2015, 15:19

Cientista pode ter encontrado evidências de um universo paralelo

Ranga-Ram Chary, um pesquisador do Planck's U.S. Data Center na Califórnia, pode ter encontrado evidências de um outro universo.

Chary publicou suas descobertas no The Astrophysical Journal, onde ele chamou a atenção para um brilho misterioso que descobriu utilizando um mapa de radiação cósmica de fundo em microoondas, ou, em outras palavras, a luz remanescente do início do universo logo após o Big Bang.

Em um artigo posterior publicado na revista New Scientist, Chary acredita que uma razão possível para esse brilho poderia ser um universo paralelo que estaria "vazando" dentro do nosso, porque a luz é bem mais brilhante em certos lugares do que deveria ser. Por conta disso, poderia haver múltiplos outros universos além do nosso.

"Nosso universo pode simplesmente ser uma região dentro de uma superregião que está eternamente em expansão", Chary escreveu.

É claro, essa descoberta ainda está longe de ser confirmada, mas outras hipóteses estão sendo estudadas. No começo do ano, cientistas do CERN (Centro Europeu de Pesquisas Nucleares) alegaram que o acelerador de partículas LHC poderia confirmar a presença de universos paralelos.
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 21844
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Anterior

Retornar para Bate Papo

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 1 visitante