Now Reading

Fórum para discussões gerais.

Moderadores: Tio Priest, Enemy of Reality, Kamikaze, iron_du, PoisonGodmachine

Re: Now Reading

Mensagempor Fringway em 06 Out 2017, 16:40

Pois é, Vik, eu também tento acompanhar um pouco essas premiações, mas é difícil demais, tem muita coisa e meu tempo é muito pequeno. Tô com uma caralhada de livros na estante, talvez nem precise comprar livro ano que vem. E o pior é que eu acabo comprando quando vejo algo interessante a um preço bom. Mas tenho que me segurar, porque tá osso demais gastar tanto dinheiro!

Eu me segurei para não fazer uma sessão Canudos. Não tenho tempo pra isso, mas fiquei com vontade de ler Os sertões, depois cair para um livro que o Mário Vargas Llosa escreveu após ler Os sertões e que se passa durante a Guerra de Canudos (acho que ele fez uma outra versão da história) e depois pegar um outro livro do Sándor Márai (Veredicto em Canudos), que ele escreveu após se apaixonar pela história de O Sertões, mas, por achar que alguns personagens eram inverossímeis, resolveu escrever a versão mais convincente, para ele, obviamente, do que aconteceu em Canudos.

Quanto às premiações de sci-fi, o Hugo e o Nebula sempre trazem excelentes livros! Quando estou à fim de ler algo do estilo, mas não sei o que, abro a lista dos caras e procuro algo que me agrada!
"Sing... And celebrate the chaos of this canvas that is night
Sing... But strike a chord of dissonance when harmony betrays to lure you blind into the light"
Avatar de usuário
Fringway
 
Mensagens: 5103
Data de registro: 12 Set 2005, 22:04
Localização: Belo Horizonte

Re: Now Reading

Mensagempor Vikström em 06 Out 2017, 18:45

Oloco, bicho, não sabia desse livro do Márai sobre Canudos. :loco:

Crazy demais, dei uma googleada aqui e achei a sinopse da editora:
O escritor húngaro Sándor Márai chegou ao final de Os sertões, de Euclides da Cunha, entre exausto e extasiado. Fascinado pela história do combate entre as forças republicanas e o arraial de Antônio Conselheiro, no sertão da Bahia, decidiu escrever o que ele acreditava ter ficado "de fora" do livro. Como ele mesmo declarou, depois de ter finalizado sua leitura, era como se tivesse estado no Brasil.
Veredicto em Canudos é fruto desse ímpeto criativo que atingiu Márai. Escrito no final dos anos 60 a partir da leitura da tradução inglesa de Os sertões, o livro foi publicado em húngaro no Canadá, em 1970. O romance conta a história de um ex-cabo do Exército brasileiro que relembra, meio século depois, o dia em que as forças do governo arrasaram o arraial do Conselheiro. As questões que Márai levanta são de uma atualidade surpreendente, como a dificuldade em discernir de que lado estão a civilização e a barbárie quando um combate apaga as fronteiras entre o bem e o mal, massacrando o lado mais fraco.
Como observa o romancista Milton Hatoum, que assina a orelha do livro, "esse Veredicto é ao mesmo tempo um alento e um desafio, pois 'o impossível é a única coisa em que vale a pena acreditar'".


O que sempre me surpreende em casos como esse é: como essa galera pesquisava essas coisas sem internet? :lol:

Seja como for, já adicionei à wishlist aqui, parece foda!

MarduK escreveu:
Vikström escreveu:A Doris Lessing, que ganhou o Nobel acho que em 2007, já tinha seguido esse caminho, mas diferente do Ishiguro ela mergulhou de cabeça nesse mundo. Acho que dá pra achar em sebos alguns livros da série Canopus in Argos, que foi traduzida há muito tempo no Brasil.

https://en.wikipedia.org/wiki/Canopus_in_Argos


Eu tenho Shikasta na minha estante. Já tem alguns meses. Me foi indicado como sendo um material que continua bem atual a relevante, mesmo tendo sido escrito em 1979.


Massa! Quando você ler, volta aqui e compartilha as impressões. A gente descobre muita coisa nessas discussões.
Avatar de usuário
Vikström
 
Mensagens: 21582
Data de registro: 11 Jun 2005, 14:26
Localização: Curitiba

Re: Now Reading

Mensagempor Fringway em 06 Out 2017, 19:12

Vikström escreveu:Oloco, bicho, não sabia desse livro do Márai sobre Canudos. :loco:

Crazy demais, dei uma googleada aqui e achei a sinopse da editora:
O escritor húngaro Sándor Márai chegou ao final de Os sertões, de Euclides da Cunha, entre exausto e extasiado. Fascinado pela história do combate entre as forças republicanas e o arraial de Antônio Conselheiro, no sertão da Bahia, decidiu escrever o que ele acreditava ter ficado "de fora" do livro. Como ele mesmo declarou, depois de ter finalizado sua leitura, era como se tivesse estado no Brasil.
Veredicto em Canudos é fruto desse ímpeto criativo que atingiu Márai. Escrito no final dos anos 60 a partir da leitura da tradução inglesa de Os sertões, o livro foi publicado em húngaro no Canadá, em 1970. O romance conta a história de um ex-cabo do Exército brasileiro que relembra, meio século depois, o dia em que as forças do governo arrasaram o arraial do Conselheiro. As questões que Márai levanta são de uma atualidade surpreendente, como a dificuldade em discernir de que lado estão a civilização e a barbárie quando um combate apaga as fronteiras entre o bem e o mal, massacrando o lado mais fraco.
Como observa o romancista Milton Hatoum, que assina a orelha do livro, "esse Veredicto é ao mesmo tempo um alento e um desafio, pois 'o impossível é a única coisa em que vale a pena acreditar'".


O que sempre me surpreende em casos como esse é: como essa galera pesquisava essas coisas sem internet? :lol:

Seja como for, já adicionei à wishlist aqui, parece foda!

Também me pergunto isso. Mas às vezes tenho a impressão que a falta de distrações permite a galera a procurar mais. Antes devia ter muita revista sobre literatura e vários livros brasileiros famosos eram traduzidos. Graciliano Ramos, Guimarães Rosa, Machadão, etc., etc., você encontra em inglês, francês, alemão, etc. Bem bacana!

Esse livro parece ser foda mesmo! Caso você não conheça, o livro do Llosa, A guerra do fim do mundo, também parece ser bem legal!

Devaneando um pouco sobre ser culto mesmo sem internet, eu me lembro de como eu ficava surpreendido quando consultava autores jurídicos clássicos como Nélson Hungria e Pontes de Miranda. Nas bibliografias, tinha livro em várias, várias línguas diferentes. Os caras escreviam uma quantidade absurda e estudavam várias línguas para estudar o direito de outros países, porque não tinha tradução de muita coisa. Ver o tanto que esses caras se dedicaram é uma coisa meio absurda pra mim. Principalmente o Pontes de Miranda, com os 45 ou mais volumes de Direito Civil dele. Além de ele já ter trocado cartas com o Einstein para debater astrofísica. Ou seja, loucura.
"Sing... And celebrate the chaos of this canvas that is night
Sing... But strike a chord of dissonance when harmony betrays to lure you blind into the light"
Avatar de usuário
Fringway
 
Mensagens: 5103
Data de registro: 12 Set 2005, 22:04
Localização: Belo Horizonte

Re: Now Reading

Mensagempor Vikström em 08 Out 2017, 19:13

Esse livro do Llosa eu tenho aqui, mas são mais de 700 páginas, ainda não tive coragem de enfrentar. A bem da verdade, desde o Anna Kariênina eu estou me abstendo de calhamaços, acho que preciso respirar um pouco. :lol:

Muito legal esse exemplo que você deu dos pensadores da sua área. É esse tipo de coisa que admiro, essa ponte entre diversas áreas ára a construção do próprio pensamento. Não que isso não exista hoje, onde a informação está em todo lugar, mas percebo isso em muitos autores das antigas e acho que era justamente um movimento para tentar sair do lugar-comum em cada campo.
Avatar de usuário
Vikström
 
Mensagens: 21582
Data de registro: 11 Jun 2005, 14:26
Localização: Curitiba

Re: Now Reading

Mensagempor Keeper em 11 Out 2017, 21:06

Atualmente estou lendo este, o antepenúltimo volume dessa famosa série da literatura brasileira:

Imagem
Imagem
Avatar de usuário
Keeper
 
Mensagens: 11548
Data de registro: 24 Dez 2004, 01:23
Localização: São José do Rio Pardo - SP
Banda favorita: Helloween/Gamma Ray

Re: Now Reading

Mensagempor Valderrama em 13 Out 2017, 00:21

Imagem
BLABBERMOUTH, METALINJECTION, METALSUCKS...
Avatar de usuário
Valderrama
 
Mensagens: 8772
Data de registro: 24 Abr 2013, 14:38
Localização: PRETINHO SEM LEI: WASP
Banda favorita: bolsonecacuzão

Re: Now Reading

Mensagempor Monochromatic Stains em 14 Out 2017, 11:26

Fringway escreveu:Pois é, Vik, eu também tento acompanhar um pouco essas premiações, mas é difícil demais, tem muita coisa e meu tempo é muito pequeno. Tô com uma caralhada de livros na estante, talvez nem precise comprar livro ano que vem. E o pior é que eu acabo comprando quando vejo algo interessante a um preço bom. Mas tenho que me segurar, porque tá osso demais gastar tanto dinheiro!

Eu me segurei para não fazer uma sessão Canudos. Não tenho tempo pra isso, mas fiquei com vontade de ler Os sertões, depois cair para um livro que o Mário Vargas Llosa escreveu após ler Os sertões e que se passa durante a Guerra de Canudos (acho que ele fez uma outra versão da história) e depois pegar um outro livro do Sándor Márai (Veredicto em Canudos), que ele escreveu após se apaixonar pela história de O Sertões, mas, por achar que alguns personagens eram inverossímeis, resolveu escrever a versão mais convincente, para ele, obviamente, do que aconteceu em Canudos.


Engraçado é que a gente lê vários livros e sempre esquece de ler alguns clássicos como Os Sertões, tava lembrando aqui que ainda não li. Outro que preciso ler é Grande Sertão: Veredas.

Sobre o Nobel também fiquei surpreso com a escolha do Kazuo Ishiguro, mas uma escolha bem melhor que a do ano passado. :lol:
Esperava que algum desses escritores aqui ganhasse: László Krasznahorkai, Amós Oz, Péter Nádas, Ismail Kadare ou mesmo algum americano como o Philip Roth, Cormac McCarthy ou Don DeLillo.
" I’m not interested in writing short stories. Anything that doesn’t take years of your life and drive you to suicide hardly seems worth doing. " Cormac McCarthy
Avatar de usuário
Monochromatic Stains
 
Mensagens: 1339
Data de registro: 10 Dez 2005, 23:09
Localização: MG

Re: Now Reading

Mensagempor Kpetão em 18 Out 2017, 12:40

Imagem

Ganhei de aniversário.
Para doutrinar ainda mais as pessoas que falam comigo.
:rock: :rock: :rock: :rock:
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 20864
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Now Reading

Mensagempor Vikström em 18 Out 2017, 13:26

Tinha que ser o leitor de livros do MEC. :tsctsc:

Brinks, esse livro aí parece bem interessante. É lançamento, né?
Avatar de usuário
Vikström
 
Mensagens: 21582
Data de registro: 11 Jun 2005, 14:26
Localização: Curitiba

Re: Now Reading

Mensagempor Kpetão em 18 Out 2017, 14:37

Sim, é uma compilação de artigos e textos do Hobsbawn sobre a AL. Ele queria que isso fosse feito antes de morrer.

Após o triunfo de Fidel Castro em Cuba, em janeiro de 1959, e mais ainda após a tentativa fracassada de golpe dos americanos na Baía dos Porcos, dois anos depois, “não havia intelectual [de esquerda] na Europa ou nos Estados Unidos que não sucumbisse ao feitiço da América Latina, continente onde aparentemente borbulhava a lava das revoluções sociais”, escreveu Eric Hobsbawm. Mas o caso do grande historiador britânico era especial: ele dizia que a América Latina era a única região do mundo, além da Europa, que conhecia bem e onde se sentia totalmente em casa. Membro do Partido Comunista da Grã-Bretanha desde seus dias de estudante na Universidade de Cambridge, Eric visitou Cuba no verão de 1960. Em 1962, passou três meses viajando entre Brasil, Argentina, Chile, Peru, Bolívia e Colômbia. No Brasil, ficou chocado com o atraso econômico e a pobreza que encontrou, mas também reconheceu o “imenso” potencial dos trabalhadores do campo no Nordeste brasileiro, “aquela vasta área de cerca de 20 milhões de habitantes que deu ao país os seus mais famosos bandidos [e] revoltas camponesas”.
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 20864
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Now Reading

Mensagempor JEAN HVMT em 18 Out 2017, 16:20

Kpetão escreveu:no Nordeste brasileiro, “aquela vasta área de cerca de 20 milhões de habitantes que deu ao país os seus mais famosos bandidos [e] revoltas camponesas”.[/i]

Deu inclusive o bandido mais famoso de todos, o cumpanhero Luiz Inácio. Hobsbawn gênio! :blub:
"Só ganha de mim aqui no Brasil Jesus Cristo". (LULA DA SILVA, Luiz Inácio)
Avatar de usuário
JEAN HVMT
 
Mensagens: 7358
Data de registro: 01 Out 2011, 11:07
Localização: República de Curitiba
Banda favorita: Iron Maiden

Re: Now Reading

Mensagempor Kpetão em 18 Out 2017, 16:49

Zumbi dos Palmares e Lampião também.

Bandidos para a elite. Salvadores para o povo.

Chamar o Lula de ladrão porque ele veio do Nordeste, é um elogio.

Hobsbawn sempre esteve do lado certo da história.
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 20864
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Now Reading

Mensagempor Valderrama em 19 Out 2017, 13:32

hitler, revolucion, ração pedigree e o kpeta se diverte. :laugh:
BLABBERMOUTH, METALINJECTION, METALSUCKS...
Avatar de usuário
Valderrama
 
Mensagens: 8772
Data de registro: 24 Abr 2013, 14:38
Localização: PRETINHO SEM LEI: WASP
Banda favorita: bolsonecacuzão

Re: Now Reading

Mensagempor Kpetão em 19 Out 2017, 13:40

Se não for divertido, melhor se matar.
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 20864
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Now Reading

Mensagempor Kpetão em 02 Nov 2017, 11:57

Li 3 livros esses dias...

Imagem
Bom livro, bem escrito e com boas fontes. Mas só é chocante para 3 tipos de pessoas: quem vive em uma caverna, quem paga um pau fudido pros EUA e quem nasceu nos EUA e cresceu ouvindo que vive no melhor país do mundo land of the free and home of the brave.
O livro trata da história do país do final do século XIX até o começo do XXI, focando principalmente nas "políticas externas" do país que ajudaram a transformar a ideia de uma Nação em um Império moderno. Nada de revelador para quem se interessa por história de fato. Os motivos escusos para os EUA entrarem na 1a Guerra Mundial, as falácias para a 2a Guerra, as idiotices da Guerra Fria, as tentativas de derrubar Cuba, a influência da CIA nos Golpes de Estado na América Latina... só fica impressionado quem acha que o MEC doutrina as crianças a virarem revolucionários marxistas...

Imagem
Belíssimo trabalho de pesquisa da jornalista Beradt. Ela fez entrevistas com cidadãos alemães entre 1933 (a chegada de Hiter como Chanceler Alemão) e 1939 (ano da declaração oficial da 2a Guerra) sobre seus sonhos. Não é sobre sonhos de vida, desejos, mas sonhos mesmos, quando a pessoa vai dormir. Ela mostra como um sistema político totalitário e vigilante age sobre o inconsciente das pessoas. Ela trabalha muito bem analisando os sonhos pela ótica da psicanálise freudiana, jungiana e lacaniana. Além de traçar paralelos com trabalhos literários de ficção (principalmente 1984, de Orwell; e Admirável Mundo Novo do Huxley), mostrando que em tempos absurdos a realidade parece mais fantasiosa que a própria ficção.

Imagem
Um clássico absoluto. Escrito entre 1913 e 14, esse livro traça um paralelo entre o momento da época na Europa (principalmente na França) e o desejo dos Anjos de rebelarem-se contra Deus e colocarem Satã em seu lugar. Todos os anjos caídos na Terra são socialistas, sindicalistas, anarquistas, rebeldes aos olhos da sociedade francesa, e, diferente dos franceses - que na época desejavam um governo controlador e autoritário -, os anjos se unem para derrubar o totalitarismo de Deus. Arcade, o anjo que lidera a Rebelião, resolveu tomar tal medida depois de ler milhares de livros sobre filosofia, sociologia, teologia e ciências na biblioteca de um rico francês, onde o autor traça sua linha separando a obediência ignorante religiosa do questionamento crítico das faculdades que fazem a humanidade progredir.
O livro é de um sarcasmo fino. Pra quem não é um idiota conservador, o livro é hilário do começo ao fim.
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 20864
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Now Reading

Mensagempor Fringway em 02 Nov 2017, 16:59

Kpetão escreveu:Li 3 livros esses dias...

Imagem
Bom livro, bem escrito e com boas fontes. Mas só é chocante para 3 tipos de pessoas: quem vive em uma caverna, quem paga um pau fudido pros EUA e quem nasceu nos EUA e cresceu ouvindo que vive no melhor país do mundo land of the free and home of the brave.
O livro trata da história do país do final do século XIX até o começo do XXI, focando principalmente nas "políticas externas" do país que ajudaram a transformar a ideia de uma Nação em um Império moderno. Nada de revelador para quem se interessa por história de fato. Os motivos escusos para os EUA entrarem na 1a Guerra Mundial, as falácias para a 2a Guerra, as idiotices da Guerra Fria, as tentativas de derrubar Cuba, a influência da CIA nos Golpes de Estado na América Latina... só fica impressionado quem acha que o MEC doutrina as crianças a virarem revolucionários marxistas...

Antes de ontem vi um filme bem foda sobre os EUA, um documentário do Chomsky chamado "Requiem for the american dream". Fica a indicação, bem bom!

Imagem
"Sing... And celebrate the chaos of this canvas that is night
Sing... But strike a chord of dissonance when harmony betrays to lure you blind into the light"
Avatar de usuário
Fringway
 
Mensagens: 5103
Data de registro: 12 Set 2005, 22:04
Localização: Belo Horizonte

Re: Now Reading

Mensagempor Kpetão em 02 Nov 2017, 17:58

O Chomsky tem bons livros sobre os EUA. E, especificamente, um trata exatamente da política imperialista dos EUA.

Imagem
Foi escrito nos EUA pós-11 de Setembro, analisando a política externa imperialista dos EUA durante o século XX e as perspectivas para o século XXI.
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 20864
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Now Reading

Mensagempor Fringway em 02 Nov 2017, 18:09

O Chomsky é fodão! A análise que ele faz da sociedade americana nesse filme é irretocável!

Não conhecia esse livro, vou atrás dele depois!
"Sing... And celebrate the chaos of this canvas that is night
Sing... But strike a chord of dissonance when harmony betrays to lure you blind into the light"
Avatar de usuário
Fringway
 
Mensagens: 5103
Data de registro: 12 Set 2005, 22:04
Localização: Belo Horizonte

Re: Now Reading

Mensagempor Kpetão em 02 Nov 2017, 22:02

Esse filme é pra te deixar deprê... Assisti aqui umas semanas atrás... o negócio é podre. E tem gente que acha que os EUA são exemplo de progresso, economia, democracia...


Esse livro dele é bem bom. Vale a lida.
Mas se quiser aprofundar melhor sua visão do Capitalismo, Globalização e Pós-Modernidade, nada melhor do que os inacreditavelmente fodas livros do Zygmunt Bauman. É um soco no estômago. E bem menos complicado do que qualquer livro do Zizek. São pequenos, direto ao ponto, leitura mais simplificada e magistralmente elucidativo.

Pra quem gosta de Política, Filosofia, Sociologia, Bauman é fonte quente!
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 20864
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Now Reading

Mensagempor Vikström em 02 Nov 2017, 23:34

Gosto muito do Chomsky, o cara é um intelectual fora de série. Além de ter cravado o nome em pedra na história das ciências linguísticas, como comentarista político é um cara bem lúcido. Gosto do fato dele usar como fonte teórica o anarquismo, coisa rara entre esses intelectuais mais conhecidos. E o cara tem 88 anos e ainda publica livros e artigos a rodo, é um negócio invejável mesmo!

Kpetão escreveu:Imagem
Belíssimo trabalho de pesquisa da jornalista Beradt. Ela fez entrevistas com cidadãos alemães entre 1933 (a chegada de Hiter como Chanceler Alemão) e 1939 (ano da declaração oficial da 2a Guerra) sobre seus sonhos. Não é sobre sonhos de vida, desejos, mas sonhos mesmos, quando a pessoa vai dormir. Ela mostra como um sistema político totalitário e vigilante age sobre o inconsciente das pessoas. Ela trabalha muito bem analisando os sonhos pela ótica da psicanálise freudiana, jungiana e lacaniana. Além de traçar paralelos com trabalhos literários de ficção (principalmente 1984, de Orwell; e Admirável Mundo Novo do Huxley), mostrando que em tempos absurdos a realidade parece mais fantasiosa que a própria ficção.


Pirei na ideia desse livro, vou comprar assim que puder - provavelmente na Black Friday deste mês. Minha namorada é psicanalista e ficou interessada também.
Avatar de usuário
Vikström
 
Mensagens: 21582
Data de registro: 11 Jun 2005, 14:26
Localização: Curitiba

Re: Now Reading

Mensagempor Kpetão em 03 Nov 2017, 17:06

A introdução do livro conta um pouco a história de como essas entrevistas foram feitas... A mulher teve que enviar pelos correios, para vários países, as entrevistas, e só ela tinha autorização de abrir os envelopes... foram anos e anos com o material parado com ela se refugiando dos Nazistas e por fim fugindo da Alemanha e, aos poucos, recuperando todo o material espalhado pelo mundo... A paranoia era forte.
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 20864
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Now Reading

Mensagempor Kpetão em 12 Nov 2017, 15:47

Imagem

Lendo o Tomo I da trilogia do Richard Evans. Me convenceu a fazer um mestrado.
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 20864
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Now Reading

Mensagempor Vikström em 12 Nov 2017, 18:01

Vai prestar em História ou no Jornalismo mesmo?
Avatar de usuário
Vikström
 
Mensagens: 21582
Data de registro: 11 Jun 2005, 14:26
Localização: Curitiba

Re: Now Reading

Mensagempor Kpetão em 13 Nov 2017, 14:47

Minha ideia acho que se encaixa nos dois campos. Mas acho que vou pelo Jornalismo, mesmo.

Trabalho de cunho marxista esquerdopata.
Imagem
Avatar de usuário
Kpetão
 
Mensagens: 20864
Data de registro: 08 Fev 2004, 20:05
Banda favorita: Metallica

Re: Now Reading

Mensagempor Vikström em 13 Nov 2017, 17:43

Senta a ripa. :up:
Avatar de usuário
Vikström
 
Mensagens: 21582
Data de registro: 11 Jun 2005, 14:26
Localização: Curitiba

AnteriorPróximo

Retornar para Bate Papo

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 2 visitantes